Sacos Plásticos: Qual tipo de saco é melhor para seu produto?

Nos dias de hoje o uso de sacos e filmes plásticos como embalagem é extremamente abrangente, tanto é que no brasil o plástico representa a maior participação no valor da produção de embalagens, e correspondente a 39,07% do total, seguido pelo setor de embalagens celulósicas com 34,30% (somados os setores de papelão ondulado com 18,54%, cartolina e papelcartão com 9,87% e papel com 5,89%), metálicas com 17,14%, vidro com 4,81% e madeira com 2,59% segundo dados obtidos pela ABRE/FGV Deste volume se mostra clara a demanda crescente de plástico por parte do mercado em geral e com este aumento vem a grande questão, Como decidir qual tipo de saco é melhor para seu produto?

A primeira coisa a se entender é porque o plástico é tão empregado na indústria de embalagens, como os números mostram 39,07% do volume de embalagens nacional é desenvolvida e fabrica em plástico e isso se dá as suas inúmeras funções, dentre estas funções encontrasse a do plástico flexível que permite a produção e sacos, bobinas, envelopes e demais produtos.

Sabendo o motivo pelo qual embalagens plásticas são amplamente utilizadas é necessário entender quais tipos de matérias primas podem ser utilizadas e quais são seus diferenciais e aplicações, com isso vamos as 5 principais matérias primas utilizadas atualmente:

1- Saco Polietileno de Baixa Densidade

É extremamente empregado para proteção de produtos, permite uma ótima solda (selagem), pode ser utilizado para embalar líquidos e materiais congelados e possuem uma ótima resistência para embalar produtos pesados, além disso é totalmente Atóxico o que possibilita o uso para envase de alimentos e produtos que não podem ser contaminados e é ecologicamente correto já que pode ser reciclado.

Se utiliza muito o Saco Polietileno de Baixa Densidade para embalar Gelo e Congelados, para alimentos em geral e Padaria, Confeitaria, Produções Agrícolas (terra vegetal, húmus, mudas etc) e para Peças e acessórios em geral.

2- Saco Polietileno de Alta Densidade

Partindo da mesma matéria prima do Saco Polietileno de Baixa Densidade mas existem algumas diferenças cruciais entre os dois, o Saco Polietileno de Alta Densidade em termos estéticos é menos brilhoso que o de baixa densidade, possui uma aparência mais opaca e fosca se comparado ao PEBD (polietileno de baixa densidade).

Em termos funcionais ele possui mais resistência ao rasgo, suporta uma carga maior de peso e devido a isso é o material que encontramos em quase 100% dos casos nas sacolinhas de supermercados brasil a fora.

3- Saco Polipropileno – PP

É comum empregar Sacos em Polipropileno- PP quando se deseja expor seus produtos diretamente ao consumidor final, se trata de uma matéria prima extremamente atraente com alta taxa de brilho, fazendo com que o produto em seu interior seja destacado em prateleiras e gondolas.

Além do brilho ele possui ótima transparência, é um material mais rígido que o Polietileno de alta e baixa densidade, também é um produto Atóxico permitindo seu uso para envase de alimentos e produtos que não podem ser contaminados.

O Saco Polipropileno é muito utilizado para embalar pães, alimentos em geral, cosméticos, em papelarias, envase de brinquedos, linhas PET e EPIs, bijuterias e acessórios também.

4- Saco BOPP Transparente (polipropileno Bi-orientado)

O Saco BOPP Transparente (polipropileno Bi-orientado) é um estágio superior ao Saco Polipropileno, fabricado a partir da mesma matéria prima o que os difere é o processo de extrusão como o próprio nome já diz, o BOPP é Bi-orientado o que dá a ele uma característica especial para empacotamento automático muto boa, pois ele não estica e com isso otimiza o processo de produção.

Também é muito rico em brilho e transparência, ultrapassando o polipropileno e polietileno, costuma ser empregado muito processos industriais, é atóxico permitindo o contato com alimentos em geral, garante um fim estético muito bom e também é muito empregado para embalagens de presentes devido a seu brilho.

5- Saco laminado

De todas as composições apresentadas até o agora o Saco Laminado é a mais rica em propriedades e aplicações, ele pode unir 2 ou mais matérias primas apresentadas acima e também conta com o PET que fornece ótima barreia a gases, oxigênio, luz, umidade e outras implicações do ambiente externo ou interno.

Muito empregado para produtos alimentícios ou químicos que não podem ter influência do ambiente externo ou perder as características internas devido a vasão de sua composição.

Se encontra esse tipo de embalagens em Salgadinhos, Bolachas, Saches farmacêuticos, Produtos pastosos, Líquidos e dentre outros.

Após aprender mais sobre as cinco principais matérias primas utilizadas para a fabricação de embalagens agora é o momento de saber que pontos tem que se considerar quando for escolher uma delas tendo como base o seu produto, e eles são:

Transparência
Resistência ao impacto
Rigidez
Impermeabilidade
Resistência a fissuras
Ponto de amolecimento
Facilidade de impressão
Odor.
E suas aplicações, como se pode notar nos exemplos abaixo:
Remédios
Artigos de banho
Cosméticos
Produtos químico
Utensílios
Produtos agrícolas e industriais
Tinta
Líquidos
Alimentos e bebidas

Mesmo depois de ter lido este artigo e ainda não esteja seguro de qual é a melhor opção de embalagem para seu produto não se preocupe a equipe de técnicos da Soluções em Embalagens pode lhe auxiliar sem problema algum e sem nenhum tipo de custo.

Entre em contato conosco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *